21 de junho de 2012

12 +1 livros para se ler no Inverno 2012

Livros para se ler no Inverno

Na semana passada pedi aqui que indicassem livros bons para se ler no inverno. Para mim, o Inverno é uma estação para se passar dentro de casa, agasalhado, e na companhia de um bom livro – principalmente se você é um solteirão feito eu. Este ano tive de antecipar minhas férias, que sempre tiro no inverno, então não poderei “aproveitar” a estação como acho que deveria, mas aí embaixo estão doze sugestões de livros ou séries bons para se ler no período, mais um deles perfeito para todos os momentos.

O João, do Fósforo, foi o primeiro a indicar seu livro, na verdade uma série – me dei os três primeiros livros de presente no Natal, mas que até agora não consegui pegar pra ler…

A minha escolha óbvia de leitura para o inverno seriam As Crônicas de Gelo e Fogo, afinal, além de ter material para um longo e tenebroso inverno, o frio está presente o tempo todo na história, nos cenários de Winterfell, e na espera dos personagens por um inverno longo e rigoroso.

A Pandora, do Uma Pandora e sua Caixa também deixou sua indicação, que vem muito bem avalizada. Impossível não colocá-lo na lista de desejos:

[…] eu indicaria para o Inverno, o ultimo livro que li: "O livro das coisas perdidas" de Jonh Connolly.

E o motivo? Ah, o livro conta a história de uma criança leitora que em meio a um contexto de crise vai parar em um mundo mágico tem vários pontos semelhantes a saga de Alice no país das Maravilhas, a Lúcia e seus irmãos em Nárnia e a Coraline de Neil Gaiman, mas ao mesmo tempo é tão diferente, ressalta tanto o valor prático das histórias, aborda de uma forma tão terna temas tão contemporâneos, o autor é tão claro na sua forma de narrar e se pauta tanto no universo do possível que faz pessoas emotivas como eu até derramarem uma lágrima ou outra enquanto reconhecem o que há de real nas histórias fantásticas.

Enfim, para dias frios, na minha opinião nada melhor que a fantasia quando vem com grandes pitadas de realidade!

A Sharon Caleffi, do Quitandinha me fez relembrar um dos livros mais belos que li na adolescência: “No País das Sombras Longas”, que me transportou para um cenário diferente de tudo o que já havia lido até então, e mais:

HQs enormes e lindas! E inverno combina com o hemisfério norte...
A série "Do inferno" do Alan Moore é uma das melhores coisas já realizadas em todo o mundo em todos os tempos.

E "Estrada para Perdição", do Max Allan Collins e do Richard Piers Rayner. O filme é uma adaptação.

E um livrinho antigo e gelado, não exatamente bem escrito, mas com histórias originais demais: "No país das sombras longas", Hans Ruesch, ambientado no Alasca e protagonizado por esquimós.

A Girlane, leitora do blog indicou uma série que já vi bem baratinho no Submarino mas acabei não comprando. Me arrependi, o preço fazia valer a pena o risco.

Bom, eu indico os livros IAN [Irmandade da Adaga Negra], que serão os meus escolhidos pra esquentar um pouco neste inverno, nem q seja apenas na imaginação.^^

A Joelma Alves, do Clique Neurótico, indicou um clássico que li apenas em versão adaptada, o que não conta muito, eu acho:

O único livro bom que eu me lembro agora, que tem algumas passagens no frio é Frankenstein, da Mary Shelley. Fora que é um livro ótimo, com linguagem clara e dá pra ler rapinho. Além de ser um clássico.

A Irene Moreira, do M@myrene e da Saleta de Leitura também deixou sua indicação. Tenho dois Sheldons aqui, tenho que arrumar uma oportunidade de encaixá-los na fila de leitura, nunca li nada do autor:

Já estou lendo é Tempest de Julie Cross , mas acredito que ainda dê para ler Depois da Escuridão de Sidney Sheldon. Sou apaixonada por suas obras e tenho que tomar vergonha para resenhar o que já li.

Belas dicas. Somente com elas e já se poderia ter um inverno menos maçante. Pelo contrário: até pareceria curto demais e não daria tempo de se ler tudo. Mas ainda faltam as minhas indicações:

Vou parecer chato e insistente, mas vou indicar “Ganhando Meu Pão”, do Górki. É um livro que ainda corre em mim de uma forma que poucos o fizeram durante toda a minha vida de leitor. Vale a pena ler.

E indicarei outro russo: O Capote, do Gogol. Pobre Akáki, você certamente sentirá pena desse pobre funcionário público.

E, por fim, uma leitura que me surpreendeu este ano: “Um Mundo Brilhante”, da T.Greenwood. Não é fácil travar uma batalha dentro de si, lutar por um amor, se desvencilhar das sombras do passado e ter uma mulher manipuladora e um sogro rico. Ainda mais se você é um fraco. Quem ganha com isso somos nós, leitores.

E a indicação para um livro que é perfeito em todos os momentos – e que eu tenho sido descuidado em sua leitura. A Selene, do Moda & Eu indicou a Bíblia.

Muito obrigado a todos os que contribuíram. Se não indicou ainda, sempre é tempo! Diga nos comentários: qual um bom livro para se ler no inverno?

Aproveite e veja os “Livros para se ler no Inverno 2010” e os “Livros para se ler no Inverno 2011”.

26 comentários:

  1. Ahhh! " O Segredo do Anel" é um livro para ler e reler...

    Mas, sou viciada em Sheldon e Nora Roberts. Fazer o quê, né? rs Lyzia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lyzia, não conhecia o "O Segredo do Anel", vou pesquisar sobre.

      Abraços.

      Excluir
    2. Do Sidney Sheldon, acho que "O reverso da medalha" é o mais legal. Na minha opinião, de quem leu muitos livros dele, talvez seja o único que mereça ser indicado...

      Excluir
  2. Esse "No país das sombras longas" me deu muita vontade de ler...
    E, realmente, "Um mundo brilhante" é um livro que super combina com o inverno...

    Pensei em indicar o "Pequena abelha", mas acho que o inverno já é melancólico o suficiente... kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, se puder leia o "No País das sombras Longas". me lembro de como fique até mesmo chocado com a descrição de alguns costumes esquimós, e fascinado pela paisagem do lugar. Vale à pena ;)

      Abraços.

      Excluir
    2. É muito interessante mesmo. Os esquimós tem uma vida completamente diferente da nossa, óbvio... muito mais próxima da natureza e da família. E tem tudo a ver com inverno, não é?

      Excluir
  3. Que post adorável. Eu sou uma amante do inverno, nasci em um lugar frio e quando me mudei para cá, comecei a torcer para que tivesse um frio como o que eu tinha, pra poder me sentir aconchegada como eu me sentia. E é ÓBVIO que amo pegar meu cobertor, sentar no sofá, com uma caneca de chá de erva doce e ler vários livros *-* parece que saboreio mais a leitura. Enfim... amei todas as dicas. TODINHAS.

    Abraços. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ágata eu amo o frio, mas por aqui também é bastante quente, e o calor predomina em grande parte do ano - fazer o quê, este é o padrão brasileiro de clima, rs. É muito bom ler no Inverno, espero por boas leituras neste ;)

      Abraços.

      Excluir
  4. Luciano você fica descaradamente seduzindo o povo para ler Górki e ainda faz um ar mea culpa rsrsrs...

    Adorei as indicações do Sharon Caleffi, estão na lista com certeza.

    A Selene falou na boa e velha Bíblia, ela é ótima sempre, mas eu sou parcial ao dizer isso! #Fato

    Já li os dois primeiros volumes dAs Crônicas e quando vc pegar o primeiro, creia, não vai consegui parar mais. A narrativa de George R. R. Martin é muito alucinante e viciante... Quase um narcótico kkkkkk... Mas, embora Martin vá relativizando valores e crenças ao longo da história, eu ainda acho a perspectiva dele muito positivista... Realmente ia/vou gostar de ouvir sua opinião sobre os livros :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pandora, Górki merece ser lido, rsrs, por isso vou continuar insistindo como quem não quer nada ;) Eu tenho que começar a ler as "Crônicas", mas os livros são enormes,e a fila por aqui tá grande demais já. Assim que diminuí-la aos poucos me dedico à eles.

      Abraços.

      Excluir
    2. Oi Pandora!

      São as minhas duas HQs favoritas... Tem dias que prefiro "Estrada para Perdição", o amor de um pai pela família nos tempos da lei seca e da máfia. E tem horas que "Do Inferno" que chama para reler, uma investigação dos crimes do Jack Estripador muito bem detalhada e pesquisada. E cheia de mitologia. Leia mesmo, são muito bons!

      Excluir
    3. Sharon vc também é um sedutor literário, agora eu só descanso quando tiver com esses livros na mão!!!

      Excluir
  5. Oi Lu me atrasei esse ano....rsrs...andei correndo um pouco por ai, mas como você disse que ainda não é tarde...rsrs....vou indicar somente um esse ano: Os Sete - André Vianco .....não sei se já leu mas eu amei esse livro...indico porque é perfeito para a estação.

    Ha sobre as indicações adorei conhecer tantos autores que não ouvi falar....\o/...beijokas elis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis! Sempre é tempo, rs. E tá aí mais um autor que tenho que conhecer. Ainda não li nada do André Vianco, mas agora está na lista ;)

      Excluir
  6. Luciano, eu quero ler a caixinha do Górki há muito tempo, mas sempre esqueço de comprar. Minha lista de leitura está enorme... mas estou pensando em passar algumas coisas pra frente.

    "O Mundo Brilhante" está lá, brilhando na minha estante desde que eu ganhei no concurso do Fósforo (valeu, João!) Só não li porque... a fila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Último comentariozinho... "O Capote". É ótimo! Leiam com muitas cobertas e o chá/chocolate/café do lado, porque ui, o frio gela nos ossos!!!

      Excluir
    2. Sharon, é uma pens aque muito do que Górki escreveu não steja mais em catálogo...mas quando puder leia, em especial a trilogia autobiográfica, acho que vai gostar ;)

      E "O Mundo Brilhante" também é muito bom, foi mais um que me surpreendeu este ano.

      Excluir
    3. Sharon, #todoomeuamor pr'O Capote!

      Excluir
  7. Oi meu querido,
    eu também estou superrrrrrrrrrr relaxada com a Biblia.

    bjbj
    Selene - moda e eu

    ResponderExcluir
  8. Como lendo os comentários respeito a opinião de cada um quanto a obra "O Reverso da Medalha" ser uma das melhores,mas Shidney SHeldon tem muitas obras que poderiam ser indicadas que são tão boas quanto. Uma que indico e que me impressionou muito foi "A Ira dos Anjos" do inicio ao fim.

    Obrigado Luciano por fazer desse espaço esses momentos de compartilharmos sobre nossas leituras.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse no post, tenho dois Sheldons em casa, o que mais tenho curiosidade para ler é o "O Céu Está Caindo". Acho que será meu primeiro dele ;)

      Beijos.

      Excluir
  9. Ai! Eu amo o inverno! Primeiro porque é meu aniversário, depois porque as pessoas ficam mais bem vestidas principalmente no ônibus, e é muito melhor não ficar suando, derretendo, e a gente pode comer um monte de besteira!

    Acho que toda a alegria que todo mundo sente no verão, eu sinto no inverno, e sim, inverno e livros andam de mãos dadas.

    Um Mundo Brilhante é perfeito para essa época, e acho que As Crônicas de Gelo e Fogo e qualquer livro grandão e mais sombrio também. Eu indicaria O Iluminado. Como a história se passa num lugar isolado pela neve, deve dar muito mais tensão. Adorei o post!

    Abraços

    Lu Tazinazzo
    http://aceitaumleite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu,

      O Iluminado foi, durante muito tempo, o único King que consegui começar e terminar. É uma verdadeira obra de arte, me lembro bem da aflição que algumas passagens me dava - tinha uns treze anos, eu acho. Muito bom ;)

      Excluir
  10. Eita, faltou minha indicação né. Ou já tá cansado d'eu te recomendar o Dostô, rs? Aliás, algumas obras de terror combinam muito bem com o inverno, sobretudo pelo cenário evocado na obra; dessa linha, te recomendaria o "Frankenstein", da Mary Shelley, cuja trama se passa na Suíça. Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge, nada mais russo que o inverno! Sendo assim, livros dos mestres de lá são sempre bem vindos ;) E o grande "Frankie" também já est[á na minha lista há séculos, li apenas uma versão adaptada, quero ler a original.

      Grande abraço - e volta a blogar rapaz!!!!

      Excluir
  11. Eu não sou muito fã de inverno, que para mim é sinônimo de alergias respiratórias, mas tenho algumas indicações: Arquipélago Gulag de Alexandre Soljenítsen; Cruzando o Yukon, sobre uma tradicional corrida de trenós no Alaska; e para citar um livro brasileiro, Gato preto em campo de neve de Erico Veríssimo.

    ResponderExcluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar