28 de setembro de 2012

Wishlist #15

Wishlist_thumb[5]

Que semana fria foi essa? Só sei que meu corpo reclamou logo e aqui estou eu de cama. Mas não reclamo – por mais que o casal Fargo estejam me esperando em “O Reino” – está sendo até bom tirar uma folga de minhas leituras, mas outros quinhentos são tirar uma folga do blog. Não dá. Nos últimos tempos tenho me ligado a ele de uma forma diferente, e nem mais sinto vontade de jogar tudo pro alto nas segundas de manhã, o que vinha acontecendo com certa frequência. Acho que, depois de algum tempo, encontrei minha forma – ou a do blog.

Mas como diria meu professor de economia da faculdade, o ser humano possui vontades e desejo de consumo ilimitado, que sempre renasce quando o anterior é saciado. Esta é a mais pura verdade, e, de quebra, o que faz o capitalismo funcionar – sim, ele funciona, com suas distorções e vícios, mas funciona. Assim, mesmo com uma fila de leitura um tanto grande, a cada lançamento somos beliscados por aquela vontade de tê-los por perto e poder lê-los. Os últimos que me deram esta comichão foram:

Floresta dos Corvos Floresta dos Corvos, de Andrew Peters. Ark é um aprendiz de encanador de quatorze anos que mora na copa de uma das últimas árvores que restam no mundo, no país de Arborium. O ofício o obriga a transitar por lugares que pessoas comuns não visitariam, e é enquanto está ocupado com o vaso sanitário de um político poderoso que o garoto entreouve a conversa de conspiradores que pretendem destruir a região. Flagrado pelos malfeitores, ele parte em uma corrida desesperada, do galho mais alto às mais sombrias raízes do arvoredo, até a temida Floresta dos Corvos, onde talvez esteja sua única chance de salvar seu lar, seu povo e, é claro, a própria vida. Lady Fenestra, uma perversa enviada de Maw - o império inimigo feito de vidro e metal -, planeja tomar as ricas árvores de Arborium e transformá-las em matéria-prima, usando os pacíficos dendrianos como nada mais que escravos de seu plano maligno. Agora, o futuro de Arborium e de seus moradores depende de Ark, e ele não só terá de enfrentar os traidores, mas também decifrar as lendas ancestrais de seu povo. // 384páginas. Tradução de Raquel Zampil. ISBN 978-85-8057-251-3. Editora Intrínseca.

No Restaurante Submarino  No Restaurante Submarino, Vários autores. Gênero que ganhou força no século XIX a partir da difusão da obra do norte-americano Edgar Allan Poe, o fantástico nunca contou com muitos adeptos na literatura brasileira. Mas isso não impediu o aparecimento de autores fortes como Murilo Rubião - considerado uma espécie de precursor do realismo mágico no continente -, praticantes consistentes como Moacyr Scliar e Lygia Fagundes Telles, além de um jovem autor que tem se destacado nesse filão, Amilcar Bettega Barbosa. Em termos de linguagem, esses quatro autores aqui reunidos são bastante diferentes entre si - embora todos partilhem o gosto por um estilo mais cristalino. Lygia e Amilcar apresentam uma pegada mais lírica, enquanto Murilo Rubião e Scliar forjam um tom mais objetivo, leve e às vezes até próximo da crônica. Diferenças de estilo à parte, o prazer da boa leitura é o elemento comum entre autores (e textos) tão diversos. // 112 páginas. ISBN 9788565771016. Companhia das Letras / Boa Companhia.

O RebeldeO Rebelde, de Jack Whyte. Um dos maiores heróis da Escócia em um romance à altura de sua lenda. Algumas horas antes do amanhecer do dia 24 de agosto de 1305, na prisão Smithfield em Londres, o fora da lei William Wallace, se prepara para uma execução ao raiar do dia. É diante desse cenário que recebe a visita de um padre escocês para ouvir suas últimas confissões. A história de Wallace nos leva a conhecer as suas várias faces – como um fora da lei e um fugitivo, um herói e patriota, um rebelde e uma lenda. Ele foi a primeira figura heroica das guerras da Independência da Escócia e traz vida para a trilogia de Jack Whyte, seguido por dois compatriotas: Robert Bruce – o rei dos escoceses e o verdadeiro Coração Valente, e Sir James Douglas, que carregou o coração de Bruce em um recipiente de chumbo em direção à Terra Santa. O comportamento desses três guerreiros, suas atitudes lendárias e narrativas de fuga, empenho, honra e selvageria medieval formam a alma e o conteúdo de uma novela épica sobre homens dispostos a tudo para colocar novamente de pé um país ajoelhado. // páginas. Tradução de Alexandre Martins. ISBN 9788577342815. LeYa / Fantasy Casa das Palavras

Romeu ImortalRomeu Imortal, de Stacey Jay. Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre. // 320 páginas. ISBN 9788581630052. Editora Novo Conceito.

 

Repararam quem faz parte da seleção de No Restaurante Submarino? Murilo Rubião! Se me perguntassem um autor nacional que obrigatoriamente deveria ser lido, certamente diria Rubião.

É isso, espero estar melhor na segunda. Dois abraços ;)

12 comentários:

  1. Eu também ando paquerando descaradamente e escandalosamente a "Floresta dos Corvos" e "No Restaurante Submarino" passou a entrar na lista porque não conheço Murilo Rubião e isso é coisa para ser corrigida. :)

    Ah, sobre a semana, é engraçado morar em um país tão grande, minha semana foi justamente o contrario, ela foi quente de matar... Aqui em casa anda tão quente de morrer que se alguém me ver de camisa de manga pergunta: "Você vai sair?" #Palhaçada

    E não sei se concordo com o tio de economia, mas eu sou mesmo uma consumista literária!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, este Floresta dos Corvos tá me chamando, rsrs. Se tiver a oportunidade, leia Rubião, é muito bom!

      Ah, ainda bem que o tempo melhorou, senão estava frito.

      Excluir
  2. Maravilhosa wishlist, Luciano!
    Ultimamente estou fechando a minha porque não tenho condições de comprar mais livros. Minhas aulas retornaram da greve, ainda estou pegando o ritmo novamente para conseguir ler, porque juro pra ti que li 3 livros em 2 semanas. SÓ 3 LIVROS. Pra mim é muito pouco. :( Se eu colocar mais coisas, fico nessa de ter livros demais e não ler.
    Enfim... quanto aos livros que você citou, um que eu quero muito ler é "O Rebelde". Parece ser incrível!
    Não li nada do Rubião ainda, mas acabei de colocar na lista de autores que precisam ser lidos depois dessa alta recomendação. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luara, eu nem sei como o deixei passar como opção de leitura para o mês passado, mas acontece, rs.

      Eu estou numa média de 3, 4 livros a cada duas semanas, é o melhor que consigo, rsrs, então a fila continua grande.

      Beijos.

      Excluir
  3. Oiee! Não conhecia os dois primeiros livros que você citou, e estou curiosa para ler o último!
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Luciano!
    Que frio foi esse, né! Mas pelo menos aqui em Campinas, hoje deu uma esquentada.
    Dos livros que você postou só tinha ouvido falar de Romeu Imortal. Fiquei curiosa para saber mais sobre Floresta dos Corvos, parece ser muito legal!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sora, nem me fale! o frio me derrubou. O Floresta dos Corvos é um dos que quero muito ler em breve, vamos ver se consigo ;)

      Excluir
  5. Oi Luciano!
    Gostei demais do livro Floresta dos Corvos,fui fisgado de cara pela capa do livro e depois que li a sinopse não tive dúvidas,merece ser lido.
    Abraço!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, eu também! Espero poder lê-lo em breve.

      Excluir
  6. De todos os livros quero muito Romeu Imortal, depois de ler julieta não há nada mais a ser desejado rsrsrsr

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adoro ver suas wishlists tem sempre livros interessante, o que mais me interessou desses foi No Restaurante Submarino. :)

    Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  8. Estou curiosa para conhecer A floresta dos corvos, já de Romeu imortal eu vou passar longe porque nem gostei tanto assim de Julieta imortal.

    ResponderExcluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar