12 de novembro de 2014

9º BookCrossing Blogueiro

20141111_171216

E chegamos a mais uma edição do BookCrossing Blogueiro. Fico imaginando quantos livros já foram libertos com a iniciativa, e quantos leitores mais conquistaram.

Sou um feliz participante desde a primeira edição dessa iniciativa capitaneada pela Luma, do Luz de Luma, yes party! que nos convida a tirarmos um livro da estante e darmos a ele a oportunidade de “ser um livro”. Para participar, basta escolher os livros que quer libertar, e então “esquecê-lo” em algum lugar onde ele será encontrado por alguém. Essa é a ideia principal da iniciativa: fazer os livros circularem, alcançando um número maior de leitores.

Esta edição vai até o dia 16 de Novembro, então participe, divida a experiência, conte como foi, espalhe a ideia.

Você pode acompanhar a experiência dos participantes através da página do evento no Facebook ou da lista presente no Luz de Luma, yer party! Para quem tem um forte apego por seus livros, libertá-los é um exercício que fica mais fácil com o tempo e mais recompensador a cada edição. Pensem comigo, não seria duplamente reconfortante se você soubesse que pode dar a oportunidade daquele título querido emocionar mais alguém?

Nesta edição, libertei – por motivos não tão nobres – o “Feios”, simplesmente por ter desistido de ler algo do Scott Westerfeld; e, esse sim, por motivos nobres, o “Pequena Abelha”, que gostei, mas por motivos de corações partidos, ofensas via msn e infantilidade, não rendeu resenha.

Você pode conferir minhas participações no evento através desse marcador.

Vamos esquecer um livro?

10 comentários:

  1. Eu participo do #EsqueçaUmLivro já tem um tempo.
    Algumas vezes o organizador marca um dia para o evento, assim ele consegue passar a ideia do que quer para outras pessoas que não tem contato com a página do face, mas eu sempre ando esquecendo livros por aí...

    Acho essa ideia incrível. Não nego que já até comprei livros para serem esquecidos, rsrs. Gosto muito mesmo! E já tive a oportunidade de ver de longe uma pessoa que encontrou. Nenhum dinheiro paga essa sensação!!!

    Adorei o post. E que isso se espalhe pelo mundo!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eita que treta envolvendo Pequena Abelha! Hahahaha você não pode fazer isso com suas leitoras geminianas, agora fiquei curiosa. Bom, eu AMO esse livro, de verdade, então tenha certeza de que o felizardo que encontrá-lo tem muita, muita sorte. Eu comecei a ler Feios e desisti, e desde então, não tentei ler mais nada do Westerfeld. Ainda não cravei se vou desistir dele ou não, mas por enquanto, dispenso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi Luciano!
    E mais uma vez estamos nessa não é mesmo? Adoro escolher livros e deixar por aí. Me diverti lendo o porque que escolheu esses livros para libertar, rsrs
    Tenho esses dois livros aqui na biblioteca mas não li nenhum ainda.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre acho engraçado lembrar o quanto foi dificil desapegar na primeira vez que o fiz e o quanto hoje eu me pego pensando no meio das leituras dos livros coisas como: "Esse eu vou desapegar!".

    Enfim, também sou uma feliz participante desse evento. :)

    Cheros Luciano!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luciano!
    Penso que, por amar demais os livros queremos partilhar as nossas experiências, nem que seja para simplesmente constatar que a fonte do nosso gostar, também pode provocar outras pessoas. Não vejo graça em saber e guardar para si a história ou conhecimento. Também penso que o desapego precisa de amadurecimento... Veja a Pandora... No primeiro BookCrossing Blogueiro, ela simplesmente achou a ideia absurda... rs. Agora veja só!
    Duas pessoas falando mal de "Feios" - mas que nome! Já a "Abelhinha" - por gerar polêmica - fiquei mais interessada ainda!
    Obrigada por participar mais uma vez do BookCrossing Blogueiro!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  6. Oi Luciano!
    Que legal esse book crossing! Eu nunca esqueci um livro, mas já doei vários para uma biblioteca municipal. Tem que desapegar mesmo, senão não cabe mais nada em casa.
    Curiosíssima para saber a história por trás de "Pequena abelha"... :)

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Luciano, tudo bem?
    Eu ainda quero participar desse desafio e espero poder fazer em breve. Confesso que é difícil me desfazer dos meus livros, mas acredito que é melhor dar a oportunidade que outra pessoa leia, do que deixa-los parados na estante.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://amanda-almeida.com.br

    ResponderExcluir
  8. Pequena Abelha é um livro incrível! Li uma vez, e releria quantas vezes pudesse. Nunca li "Feios", mas quero ler, apesar de tantas críticas negativas direcionadas à série. O desafio é genial, já participei de duas edições e não fiquei de fora dessa também!

    ResponderExcluir
  9. Oi Luciano
    Sempre temos um motivo que nos leve a libertar um livro. Confesso que tenho livros que me são difíceis desapegar, mas enfim nesta edição compartilhei com meu marido e cada um libertou um livro. Como sempre participo pela M@myrene resolvi abrir as portas somente para essa participação.
    Não li nenhum dos livros que você libertou e pelo que seus motivos acredito que foram mais do que válidos e com certeza vai agradar a quem encontrá-los.
    Espero poder lançar um sorteio na Saleta esta semana pelo BookCrossing.
    Sempre bom estar por aqui. Saudades!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar