16 de março de 2015

Os Filhos de Odin, de Padraic Colum [Resenha #209]

Os Filhos de Odin


Sinopse: Antes de o tempo como nós o conhecemos começar, deuses e deusas viveram na cidade de Asgard, que significa Local dos Deuses. Uma era de mágica, quando seres míticos podiam usar seus poderes e definir os caminhos do futuro, e proteger o mundo. Entre as cruzadas de Odin para encontrar a sabedoria necessária para salvar o mundo, os feitos incríveis de Thor e seu martelo e as travessuras de Loki, o agente do bem e do mal, Padraic Colum reconta as sagas nórdicas revelando o tempo em que a magia, os poderes e as maravilhas fantásticas corriam pelo universo. Em Os filhos de Odin, descubra a origem das histórias de Odin, Thor e Loki, onde Asgard foi construída e o que estava escondido durante o Ragnarök, o Crepúsculo dos Deuses. As histórias que encantam a todos nós nos cinemas possuem um enredo ainda mais fascinante do que você imagina! Leia as maiores aventuras dos deuses nórdicos! A origem daqueles que ainda hoje nos surpreendem com sua força e seu poder!


Graças à Marvel e suas franquias de filmes, a mitologia nórdica está novamente a todo vapor. Citando uma referência um tanto menos conhecida, a extremamente bela série “Vikings” também trouxe o assunto novamente à tona, e este livro é uma bela oportunidade de se conhecer mais detalhes sobre personagens que ou são protagonistas destas histórias, ou influenciam de perto a vida deles.

O livro conta histórias sobre os deuses nórdicos, lendas de seus atos e de como as coisas aconteciam naquela época, onde deuses ainda estavam vivos e sua influência no reino dos humanos – Midgard – era mais direta. Para quem tem um pouco de conhecimento sobre os deuses gregos, é impossível não traçar alguns paralelos, como a morada sobre uma montanha e um alimento sagrado que os mantinha sempre jovens, além da fonte de poder de diversos desses seres, mas nem por isso deixa de ser interessante.

O que mais gostei nos relatos foi o modelo narrativo utilizado pelo autor, Padraic Colum. Ele por diversas vezes fala com o leitor, o trás “para dentro” da história, e exemplifica ao máximo o que está falando, o que dá ao texto uma cara de tradição oral que todas as lendas sobre deuses em todos os lugares do mundo têm. Pois assim são: antes relatos passados oralmente, é mais do que louvável um autor que consegue, através da escrita, repassar ao leitor as mesmas sensações que um ouvinte – de todas as épocas – teria ao ouvir esses relatos.

Após ler o livro, passei a ter mais empatia com Loki do que tenho nos filmes – e descontando o fato de que não gosto muito dos títulos da Marvel, sou um cara que lê muito mais DC, que fique claro. E isso é meio complicado de admitir por ser Loki uma figura astuta – nas fábulas de Esopo, ele seria a raposa, com certeza – orgulhosa, mas inteligente e ardil ao extremo. Como não gostar de um personagem que desafia a autoridade mesmo de Odin, que consegue sair das maiores enrascadas muitas vezes causadas por ele mesmo?

O livro trás todas as figuras clássicas, Odin, Thor, Loki, Freya, os gigantes, então não há uma página que se passe sem que se cruze com alguém conhecido, sobre quem vamos conhecendo maiores detalhes. Para quem acompanha a série de tv “Viking”, o livro é indispensável para conhecer melhor os deuses que regem aquele povo, que guiam Ragnar Lothbrok em sua jornada de conquistador pela Bretanha – um personagem tão humano e justo por quem é difícil não se apaixonar – e que faziam dos nórdicos guerreiros tão destemidos em campo de batalha.

 

Os Filhos de Odin, de Padraic Colum (The Children of Odin, ???? Tradução de Santiago Nazarian, 2015) – 224 páginas, ISBN 9788567028569, Editora Única.

COMPRAR: [AMERICANAS.COM] [SHOPTIME] [SUBMARINO]

{ B }

6 comentários:

  1. Eu amei, amei, amei a resenha. Mas eu não tenho todo esse envolvimento com a fantasia nórdica, nem com os paranauês da Marvel ou DC.

    Achei linda a resenha... tô aqui pensando se eu leria... juro que tô pensando mesmo.

    Não sei, será??

    Você que já conhece mais ou menos meus gostos, acha que eu iria gostar?

    Sério, tô sem saber.

    Enfim, resenha linda!!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que você deve gostar sim, o livro é muito bem escrito e as lendas bem contadas, você viaja na leitura.

      Excluir
  2. Quando a Unica anunciou esse livro entre seus lançamentos meio que rolou uma paquera entre mim e ele... agora tá rolando quase um noivado, to em vias de trazer "Os filhos de Odin" para morar comigo! Eu gosto de mitologias em geral, quanto mais sei sobre elas mais quero saber e um autor que sabe narrar uma história, que sabe colocar o leitor nela me convida a leitura com um apelo especial!

    ResponderExcluir
  3. Um livro nessa pegada que eu gostei muito, apesar de ser infantil, foi Odd e os Gigantes de Gelo. Deu uma dimensão bem interessante sobre os mitos nórdicos. E sobre os vikings em si, claro, mais uma vez, indico As Crônicas Saxônicas, chutadora de bundas master!!!

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda tenho que ler as Crônicas. Gente!, minha lista anda enorme!

      Excluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar