16 de abril de 2014

8º BookCrossing Blogueiro

BookCrossing_Blogueiro7

E chegamos à oitava edição! Já é um clichê de minhas postagens sobre o evento, mas não me canso de admirar o quão mais simples e intuitivo se torna o gesto de libertar um livro a cada nova edição. Acredito que evoluí muito desde o primeiro!

Para quem ainda não conhece, o BookCrossing Blogueiro é um evento capitaneado pela Luma do Luz de Luma, que nos convida, duas vezes por ano, a fazermos uma espécie de exame de consciência que culmina com a decisão de libertarmos de nossas estantes algum livro, para que ele possa encontrar um novo leitor – a razão de ser dos livros é serem lidos, não?

Livro escolhido, podemos “esquecê-lo”em algum lugar onde ele será encontrado, locais públicos de fácil acesso e com um bom tráfego de pessoas são uma boa escolha, mas atentem também para que o livro não fique por ali exposto a sol e chuva. Pensem em locais como recepções, portarias, praças, cafés, rodoviárias, transporte público, ou, ainda, a bibliotecas ou uma outra pessoas que você imagine que gostará da surpresa. O importante é que faça o livro circular.

Esta edição vai de hoje até o dia 23 de abril. Não é necessário se inscrever para participar, mas é muito bom dividir a experiência, então conte como foi e avise a Luma, que está compilando os participantes e divulgadores neste post, e acompanhe as movimentações desta edição na página do evento no Facebook. Para evitar qualquer tipo de mal entendido – ou relutância de a pessoa que encontrar o livro levá-lo para casa – deixe um bilhete explicando que o livro faz parte de uma iniciativa, e que a ideia é justamente essa.

Stuart Little

Desta vez, decidi libertar um exemplar de Stuart Little, do autor E.B. White que, vejam só, chegou até mim através de uma troca. Deixei-o na praça de alimentação do Prudente Parque Shopping, por volta do horário do almoço, então acredito que ele não ficou “perdido” por muito tempo.

Deixo o convite para que participe. Todo mundo tem um livro em casa que pode ser passado para outra pessoa. Se surgir o pensamento de “mas eu gostei tanto dele”, ainda melhor, coisas boas a gente compartilha. Sempre.

Para ver minhas outras participações no evento, vejam o histórico da tag. E não deixem de acompanhar as participações no Luz de Luma e na página do evento no Facebook.

14 comentários:

  1. Para a meu lado leitora esse é sempre O evento!!! Simplesmente amo a ideia do bookcrossing!!! <3 E claro, já é tradição!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Já é meio que intuitivo, a gente vai sentindo a data chegando, e já agora fico imaginando quais livros vou libertar na próxima ;)

      Excluir
  2. Eu não sabia que Stuart Little era um livro =O Eu só comecei a participar ano passado, mas já estou amando. Libertei 6 livros em 2 edições, e dá até um alívio na alma (e nos escombros que eu chamo de quarto).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não!... até solicitá-lo numa troca ;) Sabe que escombro é um bom adjetivo para o meu quarto também?, hoje em dia penso duas vezes antes de comprar um livro porque não tenho onde enfiar mais nada.

      Excluir
  3. Oi Luciano! Que bom que está participando mais uma vez desse evento. Também libertei um livro ontem e já,já post minha participação. Nesse final de semana liberto mais alguns. Adoro!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Luciano! É a minha quarta participação no evento que dissemina a leitura. E é a segunda vez da minha filha. Parabéns pela sua participação. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, fico muito feliz a cada participação, é sempre bom libertar um livro ;)

      Excluir
  5. Oi, Luciano!!
    Eu sempre procuro pensar que um novo evento do BookCrossing Blogueiro é sempre "novo" e imagino como deve ser para os antigos participantes a repetição de explicações, mas estou tentando não ser tão detalhista e deixando os novos participantes procurarem pela informação. Espero estar no caminho certo!
    Assim como a Lu, não sabia que Stuart Little era um livro... A surpresa maior é sempre do leitor e apesar de quase nunca presenciarmos o resgate de um livro, podemos usar da nossa imaginação e saber que é recompensador dar a oportunidade para outras pessoas lerem o livro que anteriormente estava parado na estante.
    Obrigada por participar mais uma vez!
    :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  6. Luma, concordo, é sempre uma nova experiência escolher um livro que vamos libertar, mas não consigo deixar de ter um frio na barriga imaginando quem vai encontrá-lo...., é da vida, rs.

    ResponderExcluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar