5 de janeiro de 2015

Os Melhores Livros de 2014

Os Melhores Livros 2014

Pegando emprestado um pedacinho de 2015 para finalizar 2014!

Tudo certo com vocês? Espero que tenham passado bem as festas de fim de ano.

O post de hoje é o mais tradicional do blog, onde listo as melhores leituras que fiz durante o ano, além de outros “prêmios” especiais.. No ano passado li bastante coisa, mas em algumas semanas poderia ter rendido mais, o que me fez estipular que, este ano, tente ler ao menos um livro e meio por semana, para que, em um prazo não tão longo – penso em fevereiro ou março – consiga implementar algo que foi muito pedido no Censo do blog que fiz no ano passado: duas resenhas semanais. Espero conseguir.

Mas, voltando ao foco do post, meus livros preferidos de 2014 e foram os seguintes – e lembre-se: clicando nas imagens você é direcionado para a resenha do livro.

Etc.

O Menino dos Fantoches de VarsóviaEcoSe eu Ficar

A Bomba do Ano – Foi o “O Menino dos Fantoches de Varsóvia”, da Eva Weaver. Não consegui, de forma alguma, me conectar com a história.

A Resenha Mais Lida – Fiquei bastante surpreso ao saber que a resenha de “Eco – The Soul Seekers Livro 2”, da Alyson Noel, foi a mais lida do ano! É uma série da qual gosto bastante – estou muito ansioso para ler “Místico” – mas que não rendeu muitos comentários. A série acaba de ganhar um cuidado maior da minha parte ;)

A Resenha Mais Comentada – Sem surpresa alguma, graças a todo o hype em torno do filme e do livro, a resenha mais comentada foi a de “Se Eu Ficar”, da Gayle Forman. Claro, ajudou o fato de que fiz uma promoção por aqui cujo um dos passos era comentar a resenha.

 

MENÇÕES HONROSAS

Brooklyn pDensha Otoko1Incendeia-meVermelho como Sangue

 

OS DEZ MELHORES LIVROS DO ANO

A Filha do LoucoA FormaturaGraffiti MoonA Evolução de Calpúrnia TateMisto-QuenteTropas EstelaresMorte na PraiaQuando Tudo VoltaNa Linha de FrenteO Inverno de Frankie Machine

Sobre os três melhores do ano, nenhuma surpresa. O “Quando Tudo Volta” mexeu comigo de diversas formas, e ainda deixou uma incerteza no final que me fez correr atrás de segundas opiniões. Por muito tempo foi o melhor do ano para mim, até que os outros dois. Meu reencontro com Lawrence Block, com o seu “Na Linha de Frente” foi bem melhor do que esperava, não tinha como deixá-lo de fora. Por fim, Don Winslow me conquistou mais uma vez com o “O Inverno de Frankie Machine”, o estilo narrativo do autor parece ter sido criado para mim, e ele cria personagens fodásticos como ninguém.

É isso. Quais foram as suas melhores leituras do ano?

A partir de quarta começa a programação 2015 aqui no blog. Conto com vocês!

17 comentários:

  1. Em comparação com 2013 e 2012 li muito em 2014, muito mais do que o dobro do que li em 2013. Então confesso que fiquei satisfeita com minhas leituras. O que não me satisfez foi como dialoguei com meu blog pessoal... deixei longos hiatos... Mas foi um ano bom de leituras, foi a época de concluir a leitura de "Nebulosidade Variavel" e "Sushi", de me encantar com os Graphic MSP (Laços, Astronauta, Piteco, Chico Bento foram incrivelmente deliciosos de se ler), também me emocionei com "Quando tudo volta", "O oceano no fim do caminho", "Fahrenheit 451", "Jogos Vorazes". Amei as releituras de "Sailor Moon" e ""Guerreiras Mágicas de Rayearth". E me aborreci muito com a leitura de "Belo Desastre", sem dúvida o pior do ano!

    Cheros Luciano, que 2015 nos traga coisas boas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também li muito, mas ainda me cobro porque, se tivesse me esforçado e me organizado melhor, teria lido muito mais. Fica o projeto e a promessa para este ano.

      Agora, me veio uma vontade de ler "Belo Desastre"! Adoro ler livros que são experiências terríveis para as pessoas!

      E, sim, que nos traga coisas boas!

      Excluir
  2. Adorei!!

    Tem vários aí que estão na lista, vou ler com certeza em 2015.

    Bora ler muito esse ano!!!

    Bjksssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lelê, todos são boas leituras, os recomendo fortemente!

      Excluir
  3. As escolhas de Graffiti Moon e Quando Tudo Volta são mais que justas, amei ambos os livros. Em 2014, me desapeguei das estatísticas, então não sei quais resenhas tiveram melhor desempenho... hahahahaha.

    Não consigo eleger uma leitura que tenha sido tãããão ruim em 2014, mas alguns filmes conseguiram o feito!

    Abraços e feliz 2015!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que os dois foram leituras que me proporcionaram sensações que são difíceis de serem cultivadas por um livro. Foi muito bom lê-los.

      Ah, eu nem lembro de ver visitas e etc, só olho mesmo quando vou compilar este post, rsrs.

      Feliz 2015!

      Excluir
  4. Quero ler todos os livros da sua lista. Mas principalmente Se Eu Ficar que eu taaaaaanto ouvi falar e me surpreendi por estar na sua lista.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ágata, ele entrou na lista como um dos mais comentados.Eu tive alguns problemas com ele, não me identifiquei muito não, tanto que estou protelando a leitura da continuação ....

      Excluir
  5. Sempre bom saber sua opinião sobre as suas melhores leituras.
    Como em 2014 li quase que praticamente livros de parcerias ( o que quero mudar este ano) minha lista de favoritos é bem enxuta.
    Ainda não postei sobre os meus favoritos e espero encerrar Janeiro com isso concluído.
    Em 2014 praticamente tive que assumir todas as leituras de parcerias em virtude problemas pessoais com os colunistas. Infelizmente não podemos evitar esses imprevistos, pois temos nossas vidas e a leitura é um prazer.
    Este ano vou voltar com os "convidados".
    Sempre bom estar por aqui. Saudades!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irene, já por isso tenho reduzido bastante o número de parceiras aqui no blog, não tenho intenção de aumentar, se não acabo ficando sobrecarregado. E, é verdade, é sempre muito bom ler o que gostaríamos de ler.

      Beijos ;)

      Excluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial, estando assim em desconformidade com nossa Política de Privacidade.

Oscar